Dólar: 3,1264

Dow Chemical vende parte de seu negócio de sementes no Brasil


O grupo americano Dow Chemical anunciou nesta terça-feira a venda de parte de seu negócio de produção de sementes de milho no Brasil ao conglomerado chinês Citic, por 1,1 bilhão de dólares, para atender às exigências das autoridades brasileiras.

"A transferência tem por objetivo ajustar os compromissos da Dow às exigências do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) envolvendo sua fusão prevista com a Dupont", destacou o grupo americano.

União Europeia, Estados Unidos e China já deram sinal verde à fusão dos dois grupos agroquímicos, abrindo caminho para uma operação que criará um gigante de 150 bilhões de dólares.

A venda ao Citic totalizará 287 milhões de dólares em ativos, envolvendo unidades de produção de sementes, centros de pesquisa, um banco de material genético de milho, a marca Morgan e uma licença temporária para a utilização da marca Dow Sementes.

O comprador é o Citic Agri Fund, um braço de investimentos especializado na indústria agrícola que faz parte do conglomerado chinês, cujos negócios vão de serviços financeiros a imóveis.

Dow Chemical recordou nesta terça-feira sua intenção de completar a fusão com a Dupont em agosto.

O novo grupo - DowDupont - será o segundo maior do planeta na produção de sementes e o número três em produtos fitossanitários. A manobra permitirá uma economia de 3 bilhões de dólares, segundo a Dow Chemical.

Nos próximos 18 meses, DowDuPont será cotado no mercado como três empresas independentes: uma voltada para a agricultura, outra para pesquisa de materiais e a última à química fina.

ISTOÉ, 12/07/201



© 2017 Global AgroChemicals - Todos os direitos reservados

Principal provedor de conteúdo do mercado de defensivos