Dólar: 3,1268

Políticas ambientais na China tem efeito direto na importação de glifosato


O Glifosato, um dos principais herbicidas utilizado no Brasil para combater ervas daninhas, teve grande queda na importação nesse primeiro semestre de 2017 quando comparado com o mesmo período do ano passado.  A quantidade desse ingrediente ativo importado foi de 17 mil toneladas, em contrapartida no ano passado foram importadas 58 mil t (redução de aproximadamente 70%). Essa queda deve-se principalmente ao volume importado da China. Entre janeiro e junho de 2016, o Brasil havia importado da China 40 mil t do herbicida glifosato, no mesmo período desse ano houve queda para aproximadamente 16 mil t (redução de aproximadamente 40%).

Em grande parte, essa redução na importação deve-se as alterações nas políticas ambientais chinesas. A China adotou uma política agressiva para conter a poluição nas grandes cidades do país, fato que impactou toda a cadeia produtiva, desde insumos básicos até produtos acabados. Até o momento foram realizadas quatro grandes inspeções pelo governo chinês e diversas fábricas (produtoras de ingredientes ativos) foram fechadas ou tiveram que reduzir a produção, fator que reduziu demasiadamente à oferta de produtos no mercado e fez com que os preços subissem.

Equipe Global Agrochemicals, 05/09/2017 

 



© 2017 Global AgroChemicals - Todos os direitos reservados

Principal provedor de conteúdo do mercado de defensivos